Maquia

O Douro nas suas mãos.

...
Cliente: Álvaro Martinho Dias Lopes

Álvaro Martinho é um duriense de corpo e alma, que vive e ostenta a região com o orgulho que ela merece. Esta vivência vai além das suas inspiradas palavras, concretizando-se em obras. O vigor das vinhas ao seu cuidado expressa o amor que lhes tem e o tempo que lhes dedica, na mais genuína entrega.
“Maquia”, que significa lucro ou remuneração pelo trabalho feito, é o nome que deu aos seus vinhos, já que nada retribui melhor as longas horas dedicadas à vinha do que a sua concretização num grande vinho. Em cada garrafa transparece a suavidade e elegância de um field blend de vinhas velhas, como só o Douro sabe produzir.
Para algo talhado com tanta dedicação e entrega, desde a videira até à garrafa, recriámos esta relação tão próxima entre o produtor e a vinha num rótulo diferente. Nele podemos sentir nas mãos a textura da folha da videira, que simboliza não só a estreita relação com o homem, como o respeito e admiração pela vontade da natureza que, em condições que se diriam adversas, se supera e nos oferece as melhores uvas.